Alimentos Saudáveis

Alimentos que contêm ácido butírico

O ácido butírico é uma substância que contêm determinadas gorduras saturadas de origem animal e vegetal. O nosso organismo é capaz de produzi-lo, mas em quantidades mínimas, pelo que, dados os seus benefícios para a saúde, não é uma má idéia de saber quais os alimentos que podem aportarlo de forma natural.


Ingerir alimentos com ácido butírico nos vai permitir cuidar de nossa flora bacteriana, uma vez que possui importantes propriedades anti-inflamatórias. Estudos recentes apontam que é eficiente para prevenir e melhorar a doenças como o câncer de cólon, síndrome de intestino irritável ou doença de Crohn. Embora já se utiliza em forma de aditivo ou suplemento alimentar para aumentar a presença de ácido butírico no nosso organismo alguns dos alimentos que devemos tomar são:


Leite


Leite integral, em seu estado natural, especialmente o leite de búfala, seguida da de cabra e de ovelha. Dada a quantidade de possíveis agentes patogénicos que contém leite na origem, não é um alimento que possamos beber logo após a sua extração. O que comemos normalmente não contém ácido butírico, mas podemos encontrá-lo em alguns derivados, especialmente na manteiga. Novamente a manteiga ou manteiga de búfala é a variedade que mais quantidade de ácido butírico pode chegar a fornecer ao organismo, apesar de qualquer manteiga já que incorpora uma proporção maior ou menor.


Como curiosidade, dizer que o causador do particular sabor rançoso que pode vir a ter a manteiga “passagem”, é o ácido butírico. Também, dentro de derivados lácteos que maior contribuição deste ácido fornecem há que se destacar o queijo parmesão e a mozarela fresca, feita, é claro, com leite de búfala.


Dente-de-leão


Dente-de-leão


Sem dúvida, o dente-de-leão não deixará de surpreender-nos porque dele se aproveita tudo, desde a sua raiz, ideal para infusões diuréticas, até às suas flores também são comestíveis e podem enriquecer qualquer salada. Além disso, suas pequenas folhas verdes são uma fonte de minerais, vitaminas e também de gazes formadas por ácidos como o butírico.



Alcachofra de Jerusalém


Apesar de seu nome exótico, na realidade trata-se de um tubérculo que não tem nada a ver, que saibamos, com a Cidade Santa. Seu sabor si lembra vagamente o de as alcachofras, mas, na verdade, tem mais semelhança com as batatas ou batatas-doces. Estas alcachofras são ricas em ferro e potássio e podem tomar fritas, cozidas, em refogados… representam uma forma simples de aumentar a ingestão de ácido butírico.


Kombucha


É um chá fermentado, muito refrescante e com efeitos prebióticos. Está elaborado com plantas diversas, entre as quais se destaca o chamado ” cogumelo da Manchúria. É uma bebida conhecida desde a antiguidade e em que se destacam as propriedades desintoxicantes e estimulantes. O seu conteúdo em ácido butírico torna esta infusão em uma valiosa ajuda na hora de melhorar problemas gastrointestinais.


Bananas sem amadurecer


banana benefícios


Alguns alimentos, embora não contenham em si mesmos este ácido, contribuem para que o nosso próprio organismo aumente a sua produção. Isso acontece com algumas frutas que não tenham atingido o seu grau ótimo de maturação. Como exemplo, a ingestão de bananas, ainda algo verdes, faz com que a flora bacteriana de agir e gerar uma maior quantidade do precioso ácido.


Brócolis


Trata-Se de um tubérculo muito comum na américa Latina e menos conhecido na Europa. Também é chamado de nabo mexicano e é um alimento repleto de boas propriedades, de sabor ligeiramente doce e com uma grande variedade de opções culinárias. É baixo em gordura, mas, nas poucas que contém, encerra esse pequeno tesouro que é o ácido butírico.


Já são muitas as provas que evidenciam as boas propriedades da ação do ácido butírico no nosso organismo. Digestão mais saudável e um trânsito intestinal correto dependem, em parte, de sua presença e níveis corretos. Se você aposta por ele, escolha entre os alimentos que contêm ou que contribuem para sua formação.

Leave a Comment